O AMANHECER DO EVANGELHO

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM                          12 DE OUTUBRO DE 2010  –                   

NOSSA SENHORA APARECIDA, A VIRGEM QUE DEUS DEU AOS BRASILEIROS

Vocês já atenderam ao pedido do Pe. Lucas para darem um Like, um joinha nestes vídeos que lhes enviei? A sua opinião é muito importante para mim. Clique nestes vídeos e nestes sites que lhes mandei, para dizer que se interessa e se interessou por estes meus trabalhos-vídeos. Por favor, você que recebeu meus vídeos clique em cima deles e dê a sua apreciação. Isso me deixará muito feliz. Com grande amizade do Pe. Lucas – https://www.youtube.com/watch?v=dQQMrZe6ems  

12 DE OUTUBRO DIA DAS CRIANÇAS- COMEMORANDO O DIA DAS CRIANÇAS. CONFIRA O QUE O PE. LUCAS ESCREVEU SOBRE AS CRIANÇAS: “OLHOS DE CRIANÇA, SÃO JANELAS DE DEUS” COM A MÚSICA DO PE. LUCAS VENCEDORA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE DE 1987: “QUEM ACOLHE O MENOR E AO BEM CONDUZ, ME ACOLHE DIZ JESUS C F 1987” – Clique neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=1J5MDXZ0HE8&feature=youtu.be e neste site: www.padrelucas.com.br, e dê o like, o joinha neste vídeo para dizer que se interessou por estes meus trabalhos-vídeos isso me deixará muito feliz. Com grande amizade do Pe. Lucas 

https://www.youtube.com/watch?v=1J5MDXZ0HE8&feature=youtu.be  

DIA 12 DE OUTUBRO DIA DAS CRIANÇAS – OLHOS DE CRIANÇAS, JANELAS DE DEUS OLHOS DE CRIANÇAS, JANELAS DE DEUS 12 DE OUTUBRO DIA DAS CRIANÇAS – 12 DE OUTUBRO DIA DAS CRIANÇAS- COMEMORANDO O DIA DAS CRIANÇAS. CONFIRA O QUE O PE. LUCAS ESCREVEU SOBRE AS CRIANÇAS: “OLHOS DE CRIANÇA, SÃO JANELAS DE DEUS” COM A MÚSICA DO PE. LUCAS VENCEDORA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE DE 1987: “QUEM ACOLHE O MENOR E AO BEM CONDUZ, ME ACOLHE DIZ JESUS C F 1987” – Clique neste vídeo.e neste site: www.padrelucas.com.br, e dê o like, o joinha neste vídeo para dizer que se interessou por estes meus trabalhos-vídeos isso me deixará muito feliz. Com grande amizade do Pe. Lucas Clic neste vídeo um dos vídeos mais lindos feitos para as familias: https://www.youtube.com/watch?v=LfOfR1e7fXY
https://www.youtube.com/watch?v=LfOfR1e7fXY

1) Oração

Ó Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis no vosso imenso amor de Pai mais do que merecemos e pedimos, erramai sobre nós a vossa misericórdia, perdoando o que nos pesa na consciência e dando-nos mais do que ousamos pedir. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.2) Leitura do Evangelho (João 2, 1-11)

Naquele tempo, três dias depois, celebravam-se bodas em Caná da Galiléia, e achava-se ali a mãe de Jesus. Também foram convidados Jesus e os seus discípulos.Como viesse a faltar vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: “Eles já não têm vinho”. Respondeu-lhe Jesus: “Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou”. Disse, então, sua mãe aos serventes: “Fazei o que ele vos disser”. Ora, achavam-se ali seis talhas de pedra para as purificações dos judeus, que continham cada qual duas ou três medidas. Jesus ordena-lhes: “Enchei as talhas de água”. Eles encheram-nas até em cima. “Tirai agora” , disse-lhes Jesus, “e levai ao chefe dos serventes”. E levaram. Logo que o chefe dos serventes provou da água tornada vinho, não sabendo de onde era (se bem que o soubessem os serventes, pois tinham tirado a água), chamou o noivo e disse-lhe: “É costume servir primeiro o vinho bom e, depois, quando os convidados já estão quase embriagados, servir o menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora”. Este foi o primeiro milagre de Jesus; realizou-o em Caná da Galiléia. Manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele. Palavra da Salvação.A liturgia deste dia 12 de outubro, cede lugar à festa de Nossa Senhora Aparecida. Padroeira e rainha do Brasil. A Igreja Católica não tem nenhum escrúpulo de venerar a Mãe de Jesus, que nos trouxe a salvação, e amá-la com o coração de filhos, já que em Jesus nos tornamos todos irmãos.A imagem da Virgem Aparecida nos lembra a ternura maternal de Maria, sua dedicação a Jesus como mulher de fé, seu serviço prestado a toda a humanidade. Nela temos o mais perfeito exemplo do discípulo de Jesus, que sabe cumprir os mandamentos e fazer a vontade do Pai. (cf Mt 12,50; Lc 8,21).    Se a história da salvação é uma história da fidelidade do homem a Deus, Maria é o maior de todos os exemplos. Olhando para ela, não há coração adormecido de filho que não acorde para Deus, único Senhor; e não acorde para a fraternidade, fazendo dos povos e raças uma só família. Nossa devoção a Maria é uma resposta a todo o serviço que ela presta aos homens, convocando-os sempre de novo ao Evangelho e convidando-os, como na leitura de hoje: “Fazei tudo o que ele vos disser!”.NAS ÁGUAS DO RIO UMA IMAGEM DE BARRO
Um pouco de história. Em 1717, passando por Guaratinguetá (SP) o Conde de Assumar e sua comitiva, e sendo sexta-feira, dia de abstinência de carne, saíram três pescadores ao Rio Paraíba a fim de pescar para o banquete a ser oferecido ao Conde. Sabe-se o nome dos três pescadores: Domingos Garcia, João Alves e Felipe Pedroso. Como na pescaria de Pedro (Lc 5,5) nada pescaram. Mais um último arremesso de rede.                                                                        E retiraram da água uma estátua sem cabeça. Outro arremesso. Veio a cabeça da estátua. Segui-se pesca abundante.Limpada a imagem, viram que era uma estátua de Nossa Senhora da Conceição, de barro cozido, enegrecida pelas águas e pelo tempo. Um dos pescadores a guardou em casa.                                                                                                 Outras pessoas vieram rezar junto dela. Em 1745, construíram-lhe uma capela no alto do Morro dos Coqueiros. E a imagem já era conhecida como “a Aparecida“. Enquanto dentro da capela os peregrinos rezavam, em torno nascia a cidade. Em 1888, a capela, várias vezes reformada e aumentada, foi substituída por uma Igreja. Em 1894, chegaram os redentoristas para tomar conta da imagem e atender os peregrinos.Em 1908, o Santo Padre deu ao santuário de Aparecida o título de basílica. Em 1930, Pio XI declarou Nossa Senhora Aparecida padroeira do Brasil. A partir de 1950 começou-se a construir a nova e imensa basílica consagrada no dia 4 de julho de 1980 pelo papa João Paulo II. E, para lembrar para sempre a visita do Papa, foi declarado feriado nacional o dia 12 de outubro, festa de Nossa Senhora Aparecida.No ato de consagração da Basílica, o Santo Padre, em vez de fazer um sermão, fez uma prece. Entre outras coisas, pediu e disse assim: “Maria, eu vos saúdo e vos digo ‘Ave’! neste santuário, onde a Igreja do Brasil vos ama, vos venera e vos invoca como APARECIDA, como reveladora e dada particularmente a ele! Como sua Mãe e Padroeira! Como Medianeira e Advogada junto ao Filho de quem sois Mãe! Como modelo de todas as almas possuidoras da verdadeira sabedoria e, ao mesmo tempo, da simplicidade da criança e daquela entranhada confiança que supera toda a fraqueza e sofrimento!Quero confiar-vos de modo particular este povo e esta Igreja, todo este Brasil, grande e hospitaleiro, todo os vossos filhos e filhas, com todos os seus problemas e angustias, trabalhos e alegrias. Quero faze-lo como sucessor de Pedro e Pastor da Igreja universal, entrando nesta herança de veneração e amor, de dedicação e confiança que, desde séculos, faz parte da Igreja do Brasil e de quantos a formam, sem olhar as diferenças de origem, raça ou posição social, e onde quer que habitem neste imenso pais.

Ó Mãe fazei que esta Igreja, a exemplo de Cristo, servindo constantemente o homem, seja a defensora de todos, em particular dos pobres e necessitados, dos socialmente marginalizados e espoliados. Fazei que a Igreja do Brasil esteja sempre a serviço da justiça entre os homens e contribua ao mesmo tempo para o bem comum de todos e para a paz social”.

SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA
1ª Leitura: Ester 5, 1b-2; 7, 2b-3.
2ª Leitura: Ap 12, 1. 5.15-16ª.
Evangelho: Jô 2, 1-11.